Sendo a surdez uma deficiência por vezes imperceptíveis, costumamos não dar importância a audição. Muitas vezes observa-se a pouca tolerância e consideração para com os portadores de deficiência auditiva, ao contrário do que percebemos em relação à outros deficientes. Na verdade, não se sabe ou se esquece que a audição é o sentido que mais nos coloca dentro do mundo, sendo que a comunicação humana é essencial! É importante salientar que a maneira de falar com as pessoas que têm problemas auditivos não é a mesma que se emprega quando se fala com pessoas de audição normal.
Existem cuidados para facilitar a conversação de quem tem dificuldades em ouvir ou compreender o que foi dito, usando ou não Aparelhos Auditivos:
1.    Fique de frente, as pessoas que tem problemas de audição aprendem a ler os lábios e a face de quem está falando.
2.    Fale em tom normal com que está usando aparelhos auditivos, evitando elevar a voz, pois isso só irá piorar a compreensão do que está sendo dito. Se a pessoa não está usando o aparelho auditivo fale um pouco mais alto, mas sem precisar gritar.
3.    Fale devagar, a boa dicção é fundamental. O importante para a pessoa com deficiência auditiva é acompanhar a conversação;
4.    Fale claro, não coloque as mãos diante dos lábios;
5.    Caso você note que a pessoa esteja insegura sobre o que foi dito, fale novamente, usando palavras similares, ao invés de repetir palavra por palavra;
Por fim procure integrar o deficiente auditivo na conversação, eles frequentemente tendem a isolar-se, com receio de não entender as palavras.